PPG Industries Brasil logo

PPG divulga resultados financeiros do quarto trimestre e exercício 2016 completo

A PPG anuncia vendas líquidas no quarto trimestre de 2016 de $3,5 bilhões

 

  • Vendas líquidas de $3,5 bilhões no quatro trimestre e ganhos por ação diluída, com relação a operações contínuas, de 29 centavos de dólar;

  • Ganhos reajustados de $1,19 por ação diluída, com relação a operações contínuas, alta de aproximadamente 3%, incluindo impacto desfavorável causado pela conversão cambial;

  • Iniciado novo programa de reestruturação com meta de economia anual de $125 milhões, inclusive economia de $40 milhões a $50 milhões em 2017;

  • Melhoria contínua da carteira, com aquisição de dois negócios de revestimentos arquitetônicos, além da alienação de diversos negócios secundários de vidro;

  • Atingida a meta final de implantação de caixa para aquisições e recompras de ações, com mais de $2,5 bilhões em 2015 e 2016 combinados;

  • Persiste a forte flexibilidade financeira, com investimentos à vista em curto prazo, totalizando aproximadamente $1,9 bilhão no final do exercício.

 

SUMARÉ, 19 de janeiro de 2017 – A PPG (NYSE:PPG) anuncia vendas líquidas no quarto trimestre de 2016 de $3,5 bilhões, queda de mais de 1% com relação ao exercício anterior. As vendas em moedas locais aumentaram mais de 1%, com o auxílio do crescimento no volume delas de quase 2% de um exercício para o outro. O impacto líquido das medidas da carteira comercial contribuiu com menos de 1% com o crescimento das vendas, pois os aumentos destas, relacionadas a aquisições, superaram de forma modesta a ausência das vendas do negócio europeu de fibra de vidro, que foi vendido. Esses ganhos totais nas vendas líquidas foram mais que compensados pela conversão cambial desfavorável, que reduziu as vendas líquidas em aproximadamente 3%, ou aproximadamente $100 milhões.

 

O resultado líquido reportado no quarto trimestre de 2016, com relação a operações contínuas, foi de $77 milhões, ou 29 centavos por ação diluída. O resultado líquido reajustado com relação a operações contínuas foi de $313 milhões, ou $1,19 por ação diluída. O resultado líquido reajustado exclui encargos pós-imposto, totalizando $236 milhões, ou 90 centavos por ação diluída. Esses encargos pós-imposto incluem: $146 milhões para reestruturação de negócios; $51 milhões para aumentos de reservas ambientais de legado; $23 milhões para o total de impostos relativos ao fundo de acordos de amianto; $5 milhões para prêmio de quitação prematura de dívida; e $44 milhões para prejuízos na venda do negócio europeu de fibra de vidro, compensado por um resultado líquido de $33 milhões em alienações de participações em afiliadas. Para o quarto trimestre de 2016, a alíquota efetiva foi de 42,1%, e a alíquota efetiva reajustada foi de 24,5%.

 

O resultado líquido reportado no quarto trimestre de 2015, com relação a operações contínuas foi de $295 milhões, ou $1,09 por ação diluída. O resultado líquido reajustado no quarto trimestre de 2015 com relação a operações contínuas foi de $313 milhões, ou $1,16 por ação diluída e excluiu um encargo pós-imposto para custos relacionados a operações de $11 milhões, ou 4 centavos por ação diluída, bem como um encargo de refinanciamento de dívida de afiliadas de $7 milhões, ou 3 centavos por ação diluída. A alíquota efetiva foi de 23,3% para o quarto trimestre de 2015, e a alíquota efetiva reajustada para o trimestre foi de 24,2%.

 

Os resultados financeiros gerados pelos negócios de vidro que foram vendidos são apresentados como operações interrompidas para todos os períodos, inclusive ganhos no quarto trimestre de 2016 de $1,01 por ação diluída, a partir da venda do negócio. Os resultados financeiros históricos dos negócios de fibra de vidro são incluídos no segmento de vidro.

 

“Apresentamos crescimento nos ganhos por ação diluída no quarto trimestre e também no exercício completo, apesar de crescimento econômico global modesto e desigual, e ainda o impacto de conversões cambiais significativamente desfavoráveis,” disse Michael H. McGarry, Presidente e CEO da PPG. “Atingimos essas metas devido a bons volumes de vendas, uma gestão de custos contínua e agressiva, e implantação de caixa contínua e focada em aumento de ganhos.”

 

“Para o quarto trimestre, nossos ganhos reajustados por ação diluída aumentaram 3%, com a ajuda do crescimento no volume de revestimentos de aproximadamente 2% e apesar das dificuldades relativas a conversões cambiais,” disse McGarry. “Atingimos nosso maior crescimento de volume em regiões emergentes e, por segmento, nossos Revestimentos Industriais aumentaram os volumes mundiais em 5% com cada unidade de negócios realizando taxas de crescimento semelhantes. Os volumes de vendas em âmbito mundial caíram menos de 1% em Revestimentos de Performance, pois o crescimento dos revestimentos de acabamento automotivo e arquitetônicos foi mais que compensado pela menor demanda de revestimentos de proteção e marítimos resultantes da queda na produção de navios.

 

“Para o exercício completo, além do crescimento dos ganhos por ação reajustados de 7%, tomamos diversas medidas estratégicas para fortalecer nossa empresa,” disse McGarry. “Essas medidas incluíram melhoria da carteira de negócios contínuos através de diversas aquisições e vendas, e também a minimização do risco de legado, pois financiamos totalmente o fundo de amianto da Pittsburgh Corning e concluímos o pagamento das parcelas de grande parte de obrigações de pensão nos Estados Unidos e Canadá. Além disso, continuamos investindo no desenvolvimento de novos produtos e aumentamos nossos gastos focados na melhoria dos nossos resultados em crescimento orgânico.

 

“Além disso, cumprimos nossos compromissos de implantação de caixa, atingindo o topo da nossa faixa de dois anos previamente informada,” disse McGarry. “Em 2015 e 2016 combinados, implantamos mais de $2,5 bilhões em aquisições e recompras de ações, inclusive $650 milhões de recompras de ações durante o quarto trimestre de 2016. Nossa forte geração contínua de caixa ajudou nossa implantação de caixa e investimentos de crescimento para o exercício completo, e a nossa posição de caixa e liquidez no final do exercício nos proporciona flexibilidade financeira contínua para seguir adiante.”

 

“No início de 2017 estamos trabalhando com um ambiente macroeconômico e regulatório incerto e em evolução”, continuou McGarry. “Esperamos um ímpeto de melhora em termos de crescimento econômico mundial, inclusive melhora gradual das taxas de crescimento em regiões desenvolvidas e crescimento contínuo, mas desigual, em regiões emergentes,” disse McGarry.

 

“No entanto, os prazos para essa melhora no crescimento ainda são incertos. Portanto, estamos gerindo de forma agressiva todos os elementos dentro de nosso controle e recentemente demos início a um novo programa de reestruturação comercial, que tem como meta a economia anual de $125 milhões,” disse McGarry. “Além disso, daremos andamento aos nossos investimentos em crescimento e anunciamos aumentos dos preços de venda para combater recentes pressões do custo inflacionário. Finalmente, prevemos a implantação de $2,5 bilhões a $3,5 bilhões adicionais de caixa em aquisições e recompras de ações em 2017 e 2018 combinados, pois continuamos focados na criação de valor para os acionistas,” concluiu McGarry.

 

A PPG anunciou hoje os seguintes usos aproximados de caixa para todo o exercício de 2016: gastos de capital de $400 milhões, dividendos pagos de $415 milhões, aquisições de $350 milhões e recompras de ações de $1,05 bilhão. Para os exercícios de 2015 e 2016 combinados, a empresa implantou mais de $2,5 bilhões de caixa para aquisições e recompras de ações, atingindo o topo da faixa informada anteriormente. Em abril de 2016, a empresa aumentou o dividendo por ação em 11%. A PPG pagou dividendos anuais por 117 exercícios consecutivos, inclusive 45 exercícios consecutivos de altas nos pagamentos anuais.

 

Para o exercício 2016 completo, a empresa gerou mais de $1,2 bilhão em caixa a partir de operações, queda em comparação com o exercício anterior devido ao financiamento total do fundo de amianto da Pittsburgh Corning, que superou $800 milhões antes de impostos. Os coeficientes de capital de giro operacional melhoraram 120 pontos básicos de um exercício para o outro, pois a empresa apresentou melhora anual média de mais de 100 pontos básicos nessa métrica nos últimos quatro exercícios. Investimentos a vista e em curto prazo totalizaram aproximadamente $1,9 bilhão, e a empresa tinha $1,9 bilhão restante em sua atual autorização de recompra de ações no final do exercício de 2016.

 

Resultados financeiros reportáveis do quarto trimestre de 2016 por segmento

 
  • No quarto trimestre, as vendas líquidas no segmento de Revestimento de Performance foram de $1,98 bilhão, queda de $80 milhões, ou menos de 4%, em comparação com o exercício anterior. Os volumes de vendas caíram menos de 1%, com vendas relacionadas a aquisições proporcionando benefício mínimo. Conversões cambiais desfavoráveis reduziram as vendas no segmento em aproximadamente 3%, ou aproximadamente $70 milhões;

  • As vendas de acabamento automotivo aumentaram organicamente a uma taxa de um dígito baixo, lideradas pela maior demanda na Europa. As vendas de produtos aeroespaciais em moedas locais foram consistentes com o exercício anterior, pois o crescimento da demanda do setor continua modesto. Os volumes e vendas de revestimento de proteção e marítimos caíram a uma taxa de dois dígitos baixos, de um exercício para o outro, pois o crescimento em revestimentos de proteção foi mais do que compensado pela diminuição na atividade de estaleiros na região Ásia/Pacífico. Os volumes de vendas de revestimentos arquitetônicos – Europa, Oriente Médio e África – foram consistentes com o exercício anterior, com o crescimento na Europa compensado pela baixa demanda na África;

  • Os volumes de revestimentos arquitetônicos – Américas e Ásia/Pacífico – aumentaram a uma taxa de um dígito em comparação ao exercício anterior. O crescimento do volume de vendas continuou na rede de lojas próprias da companhia nos Estados Unidos e Canadá, mas foi compensado pelo fraco desempenho do canal de concessionários independentes e contas nacionais de varejo. O crescimento no México continuou, apesar do forte crescimento no período comparável do exercício anterior;

  • Os ganhos do segmento de Revestimentos de Performance para o quarto trimestre de 2016 foram de $239 milhões, queda de aproximadamente 4%, ou $11 milhões, em comparação com o exercício anterior, inclusive conversão cambial desfavorável de aproximadamente $15 milhões liderada principalmente pelo Peso mexicano, o Euro e a Libra esterlina. O impacto favorável da gestão contínua de custos mais do que compensou o impacto desfavorável de volumes de vendas modestamente menores;

  • As vendas líquidas do segmento de Revestimentos Industriais para o quarto trimestre foram de $1,44 bilhão, alta de $66 milhões, ou quase 5%, em comparação com o exercício anterior, apesar da conversão cambial desfavorável de mais de 2%, ou aproximadamente $30 milhões. Os volumes de venda aumentaram em aproximadamente 5%, liderados pelo forte crescimento de regiões emergentes em todos os negócios. Vendas relacionadas a aquisições adicionaram aproximadamente 3%, ou cerca de $40 milhões;

  • Os volumes de vendas de revestimentos para fabricantes de equipamentos automotivos originais aumentaram a uma taxa de um dígito médio em comparação com o exercício anterior, consistente com as taxas de crescimento do setor em âmbito mundial. Os volumes de vendas totais de materiais e revestimentos industriais gerais e especiais também aumentaram a uma taxa de um dígito médio, quebrando o ritmo do crescimento de produção industrial mundial pelo quarto trimestre consecutivo. Os volumes de vendas de revestimentos de embalagens aumentaram a uma taxa de um dígito médio devido à contínua adoção das novas tecnologias de revestimento de latas da PPG e apesar do forte crescimento no período comparável do exercício anterior;

  • Os ganhos no segmento de Revestimentos Industriais no quarto trimestre de $236 milhões caíram em $4 milhões, ou menos de 2%, em comparação com o exercício anterior. O ganho do segmento se beneficiou de maiores volumes de vendas e menores custos de produção. O ganho relacionado a aquisições também contribuiu com um maior ganho no segmento, mas com uma margem esperada que atualmente encontra-se abaixo da margem média do segmento. Esses aumentos dos ganhos no segmento foram compensados pelos maiores custos de transporte e logística necessários para atender à maior demanda de clientes na Ásia/Pacífico, e conversão cambial desfavorável de aproximadamente $10 milhões liderada principalmente pelo Yuan chinês, o Euro e o Peso mexicano;

  • As vendas líquidas no segmento de vidros no quarto trimestre foram de $80 milhões, queda de $41 milhões, ou 34%, de um exercício para o outro, principalmente devido à venda do negócio europeu de fibra de vidro. Os volumes de vendas para o negócio restante de fibra de vidro na América do Norte caíram aproximadamente 3% devido à menor demanda por produtos de energia eólica, parcialmente compensada pelo crescimento do mercado de construção de uso final. O ganho no segmento no trimestre foi de $12 milhões, alta de $1 milhão em comparação com o exercício anterior, devido a significativos esforços de gestão de custos e apesar da ausência do negócio de fibra de vidros e joint ventures que foram vendidos;

  • Os resultados financeiros do quarto trimestre no segmento de vidros consistem apenas das operações de fibra de vidro da PPG na América do Norte. A venda do negócio europeu de fibra de vidro foi finalizada em 1º de outubro de 2016, e a venda da participação da PPG em suas duas joint ventures de fibra de vidro asiáticas foi finalizada em 18 de novembro de 2016;

  • No quarto trimestre, as despesas corporativas foram de $45 milhões, queda de $12 milhões em comparação com o exercício anterior, refletindo menores despesas para remuneração com base em desempenho. As despesas do trimestre incluem $8 milhões antes de imposto, ou $5 milhões após imposto, para um prêmio de quitação prematura de dívida que foi incluído em itens não recorrentes.



 

Resultados financeiros do exercício completo de 2016

 

As vendas líquidas para o exercício 2016 completo, com relação a operações contínuas, foram de $14,8 bilhões, consistente com o exercício anterior, inclusive impacto da conversão cambial desfavorável de aproximadamente 3%, ou aproximadamente $400 milhões. O crescimento no volume de vendas de 1% em comparação com o exercício anterior foi complementado pelo crescimento de vendas relacionadas a aquisições de aproximadamente 2%, líquidos de vendas do negócio europeu de fibra de vidro.

 

O resultado líquido divulgado para o exercício 2016 completo com relação a operações contínuas foi de $564 milhões, ou $2,11 por ação diluída, em comparação com $1,34 bilhão, ou $4,89 por ação diluída, em 2015. O resultado líquido reajustado para o exercício completo de 2016 com relação a operações contínuas foi de $1,55 bilhão, ou $5,82 por ação diluída, em comparação com $1,49 bilhão, ou $5,43 por ação diluída, em 2015, representando uma alta de ganhos reajustados por ação diluída de 7%. Em 2016, a conversão cambial desfavorável teve impacto negativo no ganho pré-imposto de aproximadamente $70 milhões. A alíquota efetiva com relação a operações contínuas foi de 29,1% em 2016, em comparação com 23,8% em 2015, e a alíquota efetiva reajustada com relação a operações contínuas foi de 24,5% em 2016, em comparação com 24,1% em 2015.

 

Encontra-se abaixo uma reconciliação detalhada dos números divulgados/reajustados do quarto trimestre e ano completo.

 

Declarações prospectivas

 

As declarações contidas neste documento relacionadas a questões que não são fatos históricos são declarações prospectivas e refletem a visão atual da PPG com respeito a eventos futuros e desempenho financeiro, inclusive o ritmo de recompra de ações e gastos com aquisições, bem como quaisquer medidas futuras de reestruturação. Essas questões, segundo a acepção da Seção 27A da Securities Act de 1933, e suas subsequentes modificações, e da Seção 21E da Securities Exchange Act de 1934, e suas subsequentes modificações, envolvem riscos e incertezas que podem afetar as operações da PPG, conforme discutido nos documentos arquivados pela PPG na Securities and Exchange Commission (Comissão de Valores Mobiliários dos EUA), nos termos das Seções 13(a), 13(c) ou 15(d) da Exchange Act, bem como as normas e regulamentos promulgados nos seus termos. Assim, muitos fatores podem fazer com que os resultados efetivos sejam substancialmente distintos das declarações prospectivas aqui contidas. Tais fatores incluem conjuntura econômica global, aumento de preços e concorrência do produto por parte de atores estrangeiros e nacionais, flutuações no custo e na disponibilidade de matérias-primas, capacidade de manter relacionamentos e acordos favoráveis com fornecedores, prazo para a efetivação das economias de custo previstas das iniciativas de reestruturação, dificuldades na integração de empresas adquiridas e na realização das sinergias esperadas para a operação, conjuntura econômica e política de mercados internacionais, capacidade de penetração em mercados externos e internos, sejam eles existentes, em desenvolvimento ou emergentes, taxas de câmbio e suas flutuações, flutuações em alíquotas fiscais, impacto de futuras legislações, impacto de regulamentações ambientais, interrupções inesperadas nos negócios, imprevisibilidade de ações judiciais existentes e futuras, incluindo a ação referente ao uso de amianto. Entretanto, não é possível prever ou identificar todos esses fatores. Consequentemente, embora a lista de fatores contida neste documento e no Formulário 10-K arquivado pela PPG em 2015 seja considerada representativa, nenhuma lista do gênero deve ser considerada uma declaração exaustiva de todos os potenciais riscos e incertezas. Fatores não relacionados podem representar obstáculos adicionais significativos à concretização das declarações prospectivas. As consequências das diferenças materiais nos resultados, comparados aos previstos nas declarações prospectivas podem incluir, entre outras: vendas ou rendimentos menores, interrupção dos negócios, problemas operacionais, perda financeira, responsabilidade legal perante terceiros e riscos similares, podendo qualquer uma dessas consequências ter um efeito material adverso na condição financeira consolidada, nos resultados operacionais ou na liquidez da PPG. Todas as informações contidas neste informativo se referem apenas ao mês de janeiro de 2017, e a distribuição deste documento após a referida data não tem por intenção nem será interpretada como uma atualização ou confirmação dessas informações. A PPG Industries não se compromete a atualizar qualquer declaração prospectiva, exceto as exigidas pelas leis aplicáveis.


Reconciliação com Regulamento G

A PPG acredita que os investidores conseguem entender o desempenho operacional da companhia mais claramente com a divulgação dos ganhos por ação diluída com relação a operações contínuas reajustados para determinados encargos. A administração da PPG acredita que essas informações são úteis para melhor entendimento do desempenho operacional contínuo da sociedade, pois exclui o impacto de itens dos quais não se pode razoavelmente esperar que sejam recorrentes em períodos trimestrais ou que não sejam atribuíveis a nossas operações primárias. Os ganhos por ação diluída com relação a operações contínuas reajustados para esses itens não são uma medida financeira reconhecida de acordo com os princípios contábeis geralmente aceitos nos EUA (GAAP) e não devem ser considerados substitutos dos ganhos por ação diluída ou outras medidas financeiras computadas de acordo com os GAAP Norte-Americanos. Além disso, os ganhos por ação diluída com relação a operações contínuas não podem ser comparáveis a medidas com títulos semelhantes divulgadas por outras companhias.

 

Reconciliação do Regulamento G – Resultado líquido e Ganhos por ação diluída

($ em milhões, exceto montantes por ação)

 

Quarto Trimestre
2016

 

Quarto Trimestre
2015

 

$

 

EPS

 

$

 

EPS

Resultado líquido divulgado para operações contínuas

$

77

   

$

0,29

   

$

295

   

$

1,09

 

Custos relacionados a operações

   

   

11

   

0,04

 

Encargo de reestruturação de negócios

146

   

0,55

   

   

 

Encargo de remediação ambiental

51

   

0,20

   

   

 

Perda na venda do negócio europeu de fibra de vidro

44

   

0,17

   

   

 

Ganho líquido em alienações de participações em afiliadas

(33

)

 

(0,13

)

 

   

 

Efeito fiscal líquido do fundo de acordo de amianto

23

   

0,09

   

   

 

Prêmio sobre quitação prematura de dívida

5

   

0,02

   

   

 

Encargo de refinanciamento de divida de afiliadas

   

   

7

   

0,03

 

Resultado líquido reajustado com relação a operações contínuas, exceto itens não recorrentes

$

313

   

$

1,19

   

$

313

   

$

1,16

 
 
 

Exercício Completo

2016

 

Exercício Completo

2015

 

$

 

EPS

 

$

 

EPS

Resultado líquido com relação a operações contínuas

$

564

   

$

2,11

   

$

1.338

   

$

4,89

 

Custos relacionados a operações

6

   

0,03

   

30

   

0,10

 

Encargos de quitação de pensões

616

   

2,31

   

5

   

0,02

 

Encargo de reestruturação de negócios

146

   

0,55

   

106

   

0,39

 

Encargo de remediação ambiental

51

   

0,20

   

   

 

Perda na venda do negócio europeu de fibra de vidro

44

   

0,17

   

   

 

Ganho líquido em alienações de participações em afiliadas

(46

)

 

(0,18

)

 

   

 

Efeito fiscal líquido do fundo de acordo de amianto

151

   

0,57

   

   

 

Prêmio sobre quitação prematura de dívida

5

   

0,02

   

   

 

Baixa de ativos

11

   

0,04

   

   

 

Encargo de refinanciamento de divida de afiliadas

   

   

7

   

0.03

 

Resultado líquido reajustado com relação a operações contínuas, exceto itens não recorrentes

$

1.548

   

$

5,82

   

$

1.486

   

$

5,43

 
 
 

Quarto Trimestre
2016

 

Quarto Trimestre
2015

 

Resultado pré-imposto de renda

 

Despesa Fiscal

 

Alíquota Efetiva

 

Resultado pré-imposto de renda

 

Despesa Fiscal

 

Alíquota Efetiva

Alíquota efetiva, operações contínuas

$

140

   

$

59

   

42,1

%

 

$

390

   

$

91

   

23,3

%

Custos relacionados a operações

   

   

   

17

   

6

   

35,3

%

Encargo de reestruturação de negócios

197

   

51

   

25,8

%

 

   

   

 

Encargo de remediação ambiental

82

   

31

   

37,6

%

 

   

   

 

Perda na venda do negócio europeu de fibra de vidro

42

   

(2

)

 

(4,8

)%

 

   

   

 

Ganho líquido em alienações de participações em afiliadas

(49

)

 

(16

)

 

33,4

%

           

Efeito fiscal líquido do fundo de acordo de amianto

   

(23

)

 

N/A

 

   

   

 

Prêmio sobre quitação prematura de dívida

8

   

3

   

37,6

%

 

   

   

 

Encargo de refinanciamento de divida de afiliadas

   

   

   

11

   

4

   

37,6

%

Resultado líquido reajustado com relação a operações contínuas, exceto itens não recorrentes

$

420

   

$

103

   

24,5

%

 

$

418

   

$

101

   

24,2

%

 
 

Exercício Completo
2016

 

Exercício Completo
2015

 

Resultado pré-imposto de renda

 

Despesa Fiscal

 

Alíquota Efetiva

 

Resultado pré-imposto de renda

 

Despesa Fiscal

 

Alíquota Efetiva

Alíquota efetiva, operações contínuas

$

827

   

$

241

   

29,1

%

 

$

1.783

   

$

424

   

23,8

%

Custos relacionados a operações

9

   

3

   

37,6

%

 

44

   

14

   

33,3

%

Encargos de quitação de pensões

968

   

352

   

36,4

%

 

7

   

2

   

28,6

%

Encargo de reestruturação de negócios

197

   

51

   

25,8

%

 

140

   

34

   

24,3

%

Encargo de remediação ambiental

82

   

31

   

37,6

%

 

   

   

%

Perda na venda do negócio europeu de fibra de vidro

42

   

(2

)

 

(4,8

)%

 

   

   

%

Ganho líquido em alienações de participações em afiliadas

(69

)

 

(23

)

 

33,3

%

           

Efeito fiscal líquido do fundo de acordo de amianto

   

(151

)

 

N/A

 

   

   

%

Prêmio sobre quitação prematura de dívida

8

   

3

   

37,6

%

           

Baixa de ativos

14

   

4

   

28,6

%

 

   

   

%

Encargo de refinanciamento de divida de afiliadas

   

   

%

 

11

   

4

   

37,6

%

Resultado líquido reajustado com relação a operações contínuas, exceto itens não recorrentes

$

2.078

   

$

509

   

24,5

%

 

$

1.985

   

$

478

   

24,1

%


We protect and beautify the world e o logotipo PPG são marcas registradas da PPG Industries Ohio Inc.


PPG: WE PROTECT AND BEAUTIFY THE WORLD ™

 

Na PPG (NYSE: PPG), trabalhamos todos os dias para desenvolver e entregar as tintas, revestimentos e materiais que os nossos clientes têm confiado por mais de 130 anos. Através da dedicação e criatividade, resolvemos os maiores desafios dos nossos clientes, colaborando estreitamente para encontrar o caminho certo a seguir. Com sede em Pittsburgh, operamos e inovamos em mais de 70 países e registramos vendas líquidas de US$ 14,8 bilhões em 2016. Atendemos clientes em construção, produtos de consumo, industrial e mercados de transporte e de reposição. Para saber mais, visite www.ppg.com / www.ppgbrasil.com.br

We protect and beautify the world é uma marca registrada e o logotipo da PPG é uma marca registrada da PPG Industries Ohio, Inc.

 

Informações à imprensa:

 

PPG I Ketchum

Carlos Teciano | Telefone: (11) 5090-8907 | E-mail: carlos.teciano@ketchum.com.br

Thiago Jacintho | Telefone: (11) 5090-8934 | E-mail: thiago.jacintho@ketchum.com.br

Christiano Bianco | Telefone: (11) 5090-8902 | E-mail: christiano.bianco@ketchum.com.br

Mídia e Notícias


2017

2016

2015

2014

2013

Assessoria de Imprensa:

Ketchum Estratégia

Carlos Teciano | (11) 5090-8901 carlos.teciano@ketchum.com.br

Christiano Bianco | (11) 5090.8902 christiano.bianco@ketchum.com.br

Thiago Jacintho | (11) 5090-8934 thiago.jacintho@ketchum.com.br

Publicações

Marca e branding guidelines

Newsroom